COMENDADOR

Comendador João Pio de Figueiredo Westin

Por: Nelson de Paula Duarte | Categoria: Cidades | 23-07-2017 23:07 | 1110
Foto de Dr. Antônio Westin ao lado da foto de seu pai, Comendador João Pio de Figueiredo Westin

O dia 19 deste mês é um marco para uma das mais tradicionais famílias paraisenses, ou seja, a data de nascimento do Comendador João Pio de Figueiredo Westin. Filho do Capitão João Pio Westin, e de Dona Maria  Salomé de Figueiredo Westin, nascido em 1985, portanto há 122 anos, ele teve atuação marcante como fazendeiro empreendedor e político atuante. Casado com a Senhora Delmira Andrade de Fi-gueiredo Westin, teve onze filhos.
Foi o 28.º prefeito de São Sebastião do Paraíso, no período de 9 de abril de 1939 a 21 de novembro de 1945 e 17 de dezembro de 1946 a 13 de janeiro de 1947.
Soube unir a vida pública com a de grande agricultor e pecuarista, e nunca, em todo o período de sua vida, descuidou-se das obras de benemerência, razão pela qual a Santa Sé, por ato do Papa Pio XI outorgou-lhe a Comenda de São João Latrão.
Católico fervoroso, doou o altar mor da Igreja Matriz de São Sebastião do Paraíso, altar construído com mármore de carrara. Também doou a imagem do padroeiro, São Sebastião, esculpida em madeira por artista italiano que, em exposição no Rio de Janeiro em 1925, obteve primeiro lugar. O vitral frontal da Igreja Matriz de São Sebastião, de igual maneira foi doado pelo Comendador João Pio de Figueiredo Westin.
Sua generosidade se fez mais além, em favor de causas assistenciais, para o setor de saúde, tendo sido um dos baluartes em prol da Santa Casa de Misericórdia, e outros segmentos, como para o esporte. Como exemplo pode ser mencionado a doação da área onde foi construído o Estádio Comendador João Alves, da Associação Atlética Paraisense. 
Conforme bem frisou o historiador Luiz Ferreira Calafiori em seu livro “São Sebastião do Paraíso – Histórias e Tradições”, “é voz corrente na cidade que não há obra de cunho assistencial ou de promoção social no município que não tenha sido contemplada com substancial ajuda por parte do venerando Comendador”.