JEMG 2019

Paraíso está confirmado no JEMG 2019

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Esporte | 10-03-2019 09:17 | 2782
JEMG será disputado em diversas modalidades coletivas e individuais e Guaranésia sediará fase regional
JEMG será disputado em diversas modalidades coletivas e individuais e Guaranésia sediará fase regional Foto de Divulgação

O Governo de Minas já definiu os municípios-sede da etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) 2019, o maior evento esportivo-social do país, destinado aos jovens de 12 a 17 anos, das escolas públicas e particulares do Estado. Neste ano São Sebastião do Paraíso deverá sediar apenas a etapa municipal dos jogos com a seletiva entre as escolas locais que deverão prosseguir na competição estudantil ao longo do ano. Em 2018, um dos destaques da cidade foi a ciclista Ana Paula Finco, que chegou a disputar a etapa nacional em Natal (RN).

Conforme a Secretaria de Estado e Esportes de Minas Gerais já foram definidas as cidades-sede da etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg). Nesta etapa, que acontece no âmbito das 47 Superintendências Regionais de Ensino, participam estudantes-atletas das modalidades coletivas como basquete, futsal, handebol e voleibol, além da modalidade de xadrez, em dois módulos, nas categorias masculina e feminina. Os campeões de cada modalidade coletiva e os quatro primeiros colocados do xadrez se classificam para a etapa regional.

O município paraisense confirmou participação no evento, através de um trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Cultura e a 35ª Superintendência Regional de Ensino (SRE) que vão coordenar a realização da etapa local. As inscrições para as disputas se encerram na próxima segunda-feira dia 11 de março. Até agora, 772 municípios já garantiram uma vaga para as competições. Na sexta semana do JEMG, a cidade de Guaranésia sediará os jogos da região no período entre os dias 13 a 19 de maio.

O Jemg acontece em quatro etapas. A municipal é a primeira, de responsabilidade das prefeituras que queiram participar dos Jogos. Já as etapas microrregional, regional e estadual são realizadas pelo Governo de Minas e executadas pela Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg).

Os campeões em cada uma dessas modalidades e os quatro primeiros colocados no xadrez avançam para a etapa regional, realizada no Triângulo Mineiro, Sul de Minas, Zona da Mata, Vale do Aço, região Central e no Norte do Estado. Esta etapa, que deve ser realizada também em junho, inclui o vôlei de praia e a peteca.

Os vencedores da etapa regional seguem para a estadual. Nesta fase, entram todas as modalidades de esportes já executadas, incluindo ainda o atletismo, badminton, ciclismo, ginástica rítmica, judô, luta olímpica, natação e tênis de mesa, além das modalidades paralímpicas, como o atletismo PCD, bocha, futebol de 5, futebol de 7, goalball, judô PCD, natação PCD, tênis de mesa PCD, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Os campeões estaduais do Jemg representam o Estado nos Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, competições de âmbito nacional. No ano passado a ciclista Ana Paula Finco foi um dos destaques de Paraíso e chegou a participar da etapa nacional. Aluna na E.E. Benedito Ferreira Calafiori ela competiu em Natal e conquistou três medalhas sendo uma de prata e duas de bronze e subiu ao pódio três vezes nas provas que disputou. No ano anterior uma equipe de futsal feminino da E.E. Paraisense também conseguiu se destacar na etapa nacional. A expectativa é de que neste ano novos atletas e equipes da cidade possam brilhar durante a realização dos Jogos Escolares.

Os Jogos Escolares de Minas Gerais buscam fomentar a prática do esporte para fins educativos, para o desenvolvimento integral do estudante; estimular o pleno exercício da cidadania e a prática esportiva nas instituições de ensino fundamental e médio das redes públicas e particulares, bem como indicar o representante do estado nos Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, competições nacionais promovidas pelo Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro, respectivamente.