SUPERAÇÃO

Recuperados do coronavírus, a boa notícia de quem superou a doença

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 16-07-2020 18:54 | 1105
Foto de Reprodução

Em tempos de pandemia, muito se ouve sobre a quantidade de pessoas contagiadas, de exames, de isolamento e tantas outras situações. No entanto, as informações sobre as pessoas que contraíram a enfermidade, no caso, o corona-vírus, e que se curaram, vencendo o terrível mal é sempre uma raridade. Mas como todas as regras em exceções a cada dia que passa vão surgindo histórias verídicas de superação, de força de vontade e testemunhos vitoriosos de quem superou a doença.

Em São Sebastião do Paraíso conforme o Boletim Epidemiológico da última quinta-feira,16, dos 80 casos confirmados de COVID-19 no município, 54 estão entre os recuperados. Apesar da letalidade da doença o número é expressivo e representa mais de 50% dos pacientes contaminados. Se considerar que 117 situações foram descartadas e que deste total 110 que fizeram exames laboratoriais também são considerados recuperados, os indicadores são bastante otimistas.

Nesta semana, Gisele Candiani, uma simpática senhora de 58 anos, tornou-se uma personagem de destaque dentre aqueles que venceram o COVID-19. Depois de ser infectada, hospitalizada e ficar vários dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) ela se recuperou e tornou-se exemplo de força, de fé e superação. Em um vídeo depoimento divulgado pela Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, Gisele conta que teve medo, mas deixa um recado importante para todos, a quem não deseja que passe pelos momentos que ela vivenciou.

“Não sabia o que iria acontecer, comigo e com minha família”, diz. Por isso a recomendação, “use máscara para não passar por tudo que passei”, ensina. Depois do testemunho público, várias foram as manifestações nas redes sociais de pessoas que se solidarizaram com Gisele e se congratularam com sua vitória sobre a doença. “As pessoas precisam entender que o vírus está em todo lugar e não escolhe a vítima. Eu nunca imaginei que pudesse ser infectada. Tomei todos os cuidados orientados pela OMS e fui contaminada”, comenta em uma postagem.

Sobre o fato de vir a público falar sobre o que passou quando muitas outras pessoas preferem se recolher, ela expressa o sentimento de partilha, de conselho e de conscientização. “Senti uma necessidade imensa de falar para pessoas sobre o que aconteceu comigo e o quanto é importante a prevenção”, relata.

Com a experiência por tudo vivido ela ainda aconselha sobre o uso de máscara. “É importante que as pessoas se conscientizem do uso de máscara. Se cada um fizer um pouquinho acredito que vamos mudar a maneira de pensar”. Em seguida recomenda que “as pessoas precisam entender que máscara não é acessório de orelha ou pescoço, a máscara e os demais cuidados são um ato de amor”, completa.

Outro exemplo
Outro exemplo de situação semelhante foi registrado na tarde de quarta-feira,15, em vídeo divulgado pela Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso.  O hospital divulgou que mais uma paciente diagnosticada com o coronavírus foi curada, deixou as instalações hospitalares e retornou para o convívio da família.

Por opção, a Santa Casa identificou a paciente apenas como Dona Silvana, que na saída para casa foi festejada por integrantes das equipes médicas e de enfermagens, com grande entusiasmo.

Silvana permaneceu internada por aproximadamente um mês na Santa Casa onde recebeu os cuidados necessários dos médicos, fisioterapeutas e enfermeiros. “Para nós é muito gratificante ver a alegria e a emoção estampada no rosto da paciente e de seus familiares. É a satisfação, o sentimento de dever cumprido, de vencer a cada dia uma nova batalha”, descreve a equipe do hospital.

Os parabéns vão para todos os colaboradores do hospital em especial os que estão na linha de frente, mas também daqueles que fazem o trabalho de retaguarda e principalmente os pacientes que sentem orgulhosos e felizardos por derrotarem o coronavírus e literalmente renascerem para uma nova vida.