SANTA CASA PASSOS

Medicina Nuclear já está em funcionamento na Santa Casa de Passos

O setor integra e aprimora o serviço de diagnóstico da instituição, com tecnologia de ponta.
Por: Redação | Categoria: Saúde | 14-10-2020 12:02 | 84
Recepção detalhada Medicina Nuclear
Recepção detalhada Medicina Nuclear Foto de Divulgação

O setor de Medicina Nuclear da Santa Casa de Misericórdia de Passos já está atendendo à comunidade passense e região, a fim de integrar e aprimorar a esfera de diagnóstico da instituição.

A especialidade médica utiliza quantidades mínimas de material radioativo através de elementos conhecidos como radiofármacos que permitem a realização dos exames de cintilografia.

A cintilografia é um método de diagnóstico por imagem amplamente utilizada com finalidades diagnóstica, terapêutica e que auxilia alguns procedimentos cirúrgicos.

São realizados estudos de diversos órgãos e tecidos através da Gama Câmara, que é o equipamento que detecta a radiação presente no órgão em estudo do paciente, adquire as imagens para posterior análise e diagnóstico médico.

Exames
A Medicina Nuclear é utilizada por várias especialidades e os exames são seguros e não invasivos. Segundo a médica nuclear Talita Chelala, os exames são praticamente indolores e fornecem informações do ponto de vista funcional e molecular que outros exames não são capazes de detectar.

“Os procedimentos podem ser realizados em qualquer faixa etária, com restrição para gestantes e mulheres que estão amamentando. Estamos muito contentes com mais um avanço da Santa Casa de Passos, já que a Medicina Nuclear facilita o acesso dos pacientes a essa tecnologia, trazendo maior comodidade e inovação para a população regional”, disse dra Talita.

O provedor da SCMP, doutor Vivaldo Soares Neto, acredita que a nova unidade diagnóstica representa uma evolução no tratamento de especialidades como oncologia e cardiologia. “Estamos muito satisfeitos em conseguir proporcionar aos nossos pacientes mais um avanço em diagnóstico por imagem”, afirmou.

A direção do Hospital comunica que as secretarias municipais de saúde na região de abrangência já estão aptas a realizar o cadastramento do município na Programação Pactuada e Integrada –PPI para remanejamento do fluxo de pacientes no serviço de Medicina Nuclear.