IDOSOS

Iniciada vacinação de idosos com idade de 83 anos e 80 anos estando acamados

Por: Redação | Categoria: Saúde | 03-03-2021 14:00 | 313
Se até segunda-feira (8/3) pessoas ligadas ao público-alvo não receberem a vacina, deverão fazer um contato com as USFs
Se até segunda-feira (8/3) pessoas ligadas ao público-alvo não receberem a vacina, deverão fazer um contato com as USFs Foto: Bryan Felipe

A vigilância em Saúde, deu início nesta terça-feira (2/3) a mais uma etapa do programa de vacinação contra a Covid-19 em São Sebastião do Paraíso. Nesta fase, serão vacinados idosos de 83 a 89 anos, e pessoas acamadas acima de 80 anos. A Prefeitura reforça a necessidade de todos terem o cadastro nas Unidades de Saúde da Família (USFs) para poderem receber as duas doses da vacina.

De acordo com o prefeito Marcelo Morais, a Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS) destinou para o município 1.030 doses da vacina. Ele reforçou que, ao contrário do que tem sido ventilado, o município está atrasado em relação à vacinação porque tem demorado chegar as doses para dar andamento aos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

“Estamos fazendo o que preconiza a legislação e aquilo que a Regional de Saúde tem nos orientado. Os demais idosos serão vacinados conforme forem chegando as doses”, destacou.

Conforme explicou o vice-prefeito, Daniel Tales, essas 1.030 doses que estão sendo destinadas para o município serão para a primeira aplicação nas pessoas idosas de 83 a 89 anos e acamados acima de 80 anos, sendo metade da AstraZeneca e a outra Coronavac.

“Precisamos que as pessoas estejam cadastradas no Sistema Único de Saúde de Paraíso, do contrário não é possível que a Prefeitura consiga descobrir quem são essas pessoas que precisam ser vacinadas”, ressalta.

Assim como foi realizado com as pessoas acima de 90 anos, esta vacinação também será domiciliar. O mesmo procedimento será adotado para aqueles moradores de zona rural, que precisam ter o cadastro no SUS junto ao município.

“Enfrentamos algumas dificuldades em relação à vacinação desse público, já que havia a dificuldade de localizá-los ou até mesmo quem não tinham o cadastro. Os moradores de zona rural devem procurar o Ambulatório para realizar esse cadastro”, finalizou.
(Secom Pref. SSP)