TERAPIAS HOLÍSTICAS

ARTETERAPIA Trabalhando os conflitos internos por meio da arte

Por: Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral | Categoria: Saúde | 03-03-2021 14:01 | 570
Foto: Reprodução

Quando éramos crianças, a aula de artes costumava ser a melhor parte da escola. Quem não gostou de colorir, desenhar, pintar, recortar e colar? Era divertido, relaxante e proporcionava uma sensação eufórica maravilhosa ao criar algo feito por você. Acontece que a arte pode ser uma poderosa ferramenta terapêutica para adultos e crianças. Trata-se de uma prática terapêutica que tem como objetivo conduzir o cliente/paciente, individualmente ou em grupo, ao autoconhecimento. Visando estimular o crescimento interior, abrir novos horizontes, ampliar a consciência do indivíduo sobre si e sobre sua existência e o desenvolvimento da personalidade. Busca, por meio da simbologia, interligar os universos internos e externos, pois trata-se de uma arte livre, aonde ocorre a comunicação entre o profissional e o paciente, obtendo como resultado, uma produção artística a favor da saúde.

Os profissionais qualificados e devidamente habilitados para aplicar as técnicas da arteterapia são conhecidos como arteterapeutas. São profissionais que usam elementos como a música, pintura, desenho, danças e outras atividades para catalisar sentimentos, procurando dar ao indivíduo totais condições para que ele consiga extravasar tudo que o impede de desenvolver o seu melhor. Em nossa cidade (São Sebastião do Paraíso – MG), podemos destacar a arteterapêuta FABÍOLA PANNACI, que desenvolve por intermédio da pintura das mandalas personalizadas de harmonização, uma alternativa para o autoconhecimento pessoal com resultados terapêuticos satisfatórios

Os benefícios de se realizar esta prática, baseia-se na autoexpressão, permitindo assim a expressão de sentimentos e ideias por intermédio da confecção e pintura de uma mandala; esta terapia, também auxilia no desenvolvimento cognitivo, pois é um exercício que melhora funções, como concentração e memória, ajudando no desenvolvimento da criatividade e da imaginação; e, também auxilia no combate ao estresse e a ansiedade

Mesmo não sendo considera uma terapia holística, a energia desprendida e recebida durante a confecção de uma mandala terapêutica de harmonização, proporciona um autoconhecimento auxiliando na resolução de conflitos sociais e/ou emocionais por meio da arte. Ressalto aqui que o foco é na expressão simbólica trazida pela arte e não a preocupação com a questão estética. Procure sempre um profissional habilitado para melhor atende-lo.

Profa. Dra. Mirela M. Waldemarin Cabral
Biomédica
Especialista em Terapias Alternativas (Holísticas)
Mestre em Microbiologia
Doutora em Ciências