COLUNA MG

Rede de Notícias do Sindijori MG

www.sindijorimg.com.br
Por: Redação | Categoria: Cidades | 08-09-2021 01:40 | 245
Foto: Reprodução

Docol anuncia fábrica em Poços
Poços de Caldas  vai receber uma fábrica da empresa Docol Metal  Sanitários. Ela chega com a promessa de gerar  500 empregos  diretos  e mais de quatro mil indiretos, além de  um investimento de até 300 milhões de reais.  A empresa informou que  já nas próximas semanas pretende dar início à aquisição de máquinas e equipamentos, bem como a construção dos prédios que vão abrigar as instalações. A previsão de início das atividades é entre 2023 e 2024.  A primeira fábrica mineira da empresa vai produzir aproximadamente 10 linhas de produtos de louças sanitárias, entre eles: bacias, bidês, caixas de descarga, cubas, lavatórios, mictórios e tanques. Atualmente, a empresa possui fábricas em Joinvile (SC) e São Paulo (SP). (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

Ibertioga tem novo prefeito
Na semana passada aconteceu a cerimônia de posse dos novos prefeito e vice-prefeito de Ibertioga: Ricardo Marcelo Pires de Oliveira e Pedro Fagundes da Silva. Em evento fechado, devido às restrições impostas pela pandemia do coronavírus, autoridades locais e de outras cidades puderam acompanhar discursos calorosos de agradecimento à população ibertiogana pelos votos de confiança no grupo político que está à frente da prefeitura desde o dia 1° de janeiro de 2021. (Jornal Panorama Baependi)

“Vaca louca” impacta mercado
A suspeita de um caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina (BSE), sigla em inglês, doença também conhecida como “vaca louca”, em Belo Horizonte, já impactou no mercado do boi gordo. Na última semana, negociações de boi gordo na Bolsa de Valores perderam força e frigoríficos reduziram o ritmo de abate na sexta-feira (3). Em função da suspeita, do receio de impactos na exportação e também devido ao feriado de 7 de setembro, unidades abatedoras irão operar somente a partir de quarta-feira. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

Alunos conquistam medalhas na OBA
Estudantes de colégios públicos e particulares de Juiz de Fora se destacaram, recentemente, em competições nacionais e estaduais no campo da ciência. Foram medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) 127 alunos do ensino fundamental e médio. A competição distribuiu, em todo o Brasil, 50 mil medalhas de ouro, prata e bronze. Deste total, 57 ouros foram conquistados por estudantes de Juiz de Fora, 50 receberam prata, e outros 20 alunos ganharam o bronze. Os alunos do Clube de Robótica do Colégio Militar de Juiz de Fora (CMJF) também conquistaram o Bicampeonato Mineiro na Olimpíada Brasileira de Robótica. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Casos suspeitos de dengue
O Norte de Minas registrou 470 casos suspeitos de dengue em 54 municípios, conforme o Boletim Epidemiológico de Minas Gerais. Até 31 de agosto, o Estado registrou 21.459 casos prováveis, entre os notificados, exceto os descartados de dengue. Desse total, 14.030 casos foram confirmados para a doença. Foi confirmado quatro óbitos por dengue em Minas Gerais até o momento. O município de Chapada Gaúcha apresenta a maior quantidade de suspeitas, com 165 casos. Outros municípios requerem atenção das autoridades sanitárias e da população, entre eles Matias Cardoso, que registrou 99 casos; Porteirinha, 69 casos; Manga, 65 casos; Juvenília, 38 casos e; Montes Claros, com 37 casos. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros)

Lei de Diretrizes Orçamentárias
Em audiência pública realizada na última semana, a Prefeitura de Pará de Minas apresentou o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o ano de 2022. Os membros da Secretaria Municipal de Gestão Fazendária relataram os investimentos que constam no Plano Plurianual (PPA), sendo de R$ 409.142.000. A LDO descreve os gastos que a Prefeitura pretende fazer em todas as áreas da administração municipal. Além da própria Prefeitura, estão incluídas as futuras despesas da Câmara Municipal, Fundação Municipal de Saúde (Fumusa), Agência Reguladora de Serviço Público de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário (Arsap) e Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município (Paraprev). (Diário Pará de Minas)

Detentos trabalham em oficina
Com o intuito de promover a ressocialização, a Penitenciária de Patrocínio iniciou parceria com uma empresa de beneficiamento de alho, durante o último mês, para a empregabilidade de presos. A oficina de trabalho funciona no interior da unidade prisional, em um galpão de 35 m², e emprega atualmente 15 detentos, com expectativa de dobrar este número nos próximos meses. Iniciativas como esta fortalecem a missão de ressocialização do Sistema Prisional. Os custodiados realizam as etapas de seleção, limpeza, descasca e embalagem do produto alimentício e de carga e descarga dos itens para transporte. (Jornal da Manhã – Uberaba)