TERRA NOSTRA

Série A do Campeonato Italiano

Por: Manolo D´Aiuto | Categoria: Cultura | 22-09-2021 01:59 | 108
Foto: Reprodução

Como todos os anos no final de agosto, o campeonato italiano de futebol recomeça, e eu gostaria de entretê-los todas as semanas fazendo um relato do campeonato italiano que tem muitos seguidores aqui.

O ano futebolístico que acaba de começar vê a Itália como campeã europeia, mas a crise devida ao COVID empobreceu muitos times que viram suas melhores peças começarem e adotaram uma dolorosa, mas necessária revisão de gastos, questão que também afetou outros países como a Espanha onde Barcelona e Real Madrid entraram em uma fase de profunda crise, onde os petrodólares dos xeques fortaleceram times franceses e ingleses onde os governos fecham os olhos a alguns movimentos.

Mas, de volta à Série A, o atual campeão do Milan International, como é chamado o Inter, sacrificou algumas peças importantes, em primeiro lugar seu atacante Lukaku, um dos melhores do mundo nessa função e, acima de tudo, seu técnico Conte que dirigem mal equipes que não podem gastar sendo acostumados a treinar grandes campeões em vez de criá-los. Outro grande jogador na fase de reforma é a Juventus que, após o período negativo de Pirlo, preferiu contar com um homem de confiança como Allegri, mesmo que isso tenha levado à separação de Cristiano Ronaldo, que não estava inclinado a ceder às ideias do técnico toscano.

O Milan de Pioli, depois de anos sombrios, decidiu em vez disso, investir e fazê-lo nos pontos importantes, resgatando alguns excelentes jogadores e affiaccandoli outros como Giroud e Florenzi que com Ibrahimovic terão a tarefa de dar equilíbrio a uma equipe jovem.

O quarto do primeiro do ano passado é o Atalanta que, como de costume, olha para casa, gasta pouco, mas o faz com olhar atento e acima de tudo seguindo as orientações do seu treinador Gasperini que prefere o coletivo à estrela.

Para seguir o quarteto líder, encontramos Lazio e Nápoles.

Ambos mudaram de treinador contando com dois velhos conhecidos do futebol italiano, como Sarri e Spalletti.

Napoli fez a compra mais importante mantendo Insigne, o capitão e estrela da seleção nacional é um peão fundamental para a seleção napolitana, a Lazio por sua vez perdeu Correa chegou ao Inter, manteve a equipe quase inalterada com a adição de Felipe Anderson retornando após o Experiência em inglês.

Roma e Sassuolo são duas equipes que mudaram muito.

Sassuolo perdeu Locatelli para a Juve, e Caputo comprou o Traorè e colocou no banco um jovem Dionisi, de quarenta anos, que faz um jogo espetacular em todas as áreas, sem muitas táticas, com certeza será um time que vai poder entreter.

A Roma, com o segundo ano de propriedade da Friedkyn pelos Estados Unidos, foi contra a maré.

Primeira compra importante Mourinho, um dos treinadores de maior sucesso do mundo, um homem capaz de formar e forjar times memoráveis.

De acordo com Abraham, o jovem talento do Reino Unido que trocou o campeão europeu Chelsea por uma nova experiência.

Dzeko despediu-se do Inter, um jogador que tinha perdido força, revitalizou Pellegrini e espera por Zaniolo, uma das mais interessantes perspectivas do Mundo.

Depois, há várias seleções como Fiorentina, Sampdoria Udinese Empol Bologna e Torinoi que vão lutar para tentar entrar no médio-alto, afinal Salernitana, Gênova, Verona, Cagliari e Spezia vão lutar para não rebaixar.

Até o momento, três partidas foram disputadas e os resultados confirmam as previsões com exceção da Juve que sofreu duas derrotas nas primeiras partidas.

Na liderança, Milão, Roma e Nápoles enfrentam Inter e Bologna e Udinese logo atrás e Lazio, derrotada no grande jogo de domingo pelo Milan.

A dificuldade da Juve sem dúvida torna o campeonato mais interessante ainda que, apostamos, os bianconeri conseguirão rapidamente voltar ao topo.

Só temos que acompanhar com ansiedade o desenvolvimento do que foi o futebol mais bonito do mundo e que hoje está certamente entre os mais divertidos.
MANOLO DAIUTO