200 ANOS

Lançamento do Livro “Efemérides Paraisenses São Sebastião do Paraíso 200 anos”

Por: Reynaldo Formaggio | Categoria: Cultura | 07-10-2021 14:00 | 798
Foto: Reprodução

Para celebrar o bicentenário de São Sebastião do Paraíso, um grupo de escritores, imbuído no propósito de marcar tão relevante data, se uniu em um projeto literário especial.

O livro “Efemérides Paraisenses – São Sebastião do Paraíso 200 anos” é uma obra coletiva escrita a seis mãos por autores apaixonados pela cidade. Dalila M. Cruvinel, Luiz Carlos Pais, Maria Rita C. P. Miranda, Nelson Duarte e Tânia Pedroso Balbo foram convidados pelo escritor Reynaldo Formaggio, responsável pela organização da obra. Cada coautor se encarregou de pesquisar e redigir sobre determinados temas: cultura, social, educação, religião, esporte, política, imprensa e comunicação, comércio e indústria, transportes, Guardinha e Termópolis, além de colaborarem entre si.

Mas afinal, o que são efemérides? Efemérides são fatos ocorridos no mesmo dia, porém em diferentes anos. Como em uma espécie de diário, registra-se datas marcantes, nascimentos, falecimentos, inaugurações, lançamentos, visitas, festas e vários outros acontecimentos, nem sempre felizes.

No caso de uma cidade bicentenária, sua história pode ser contada por diferentes pontos de vista, o que torna de suma importância visões diversificadas, um olhar crítico e aguçado. Invariavelmente, ocorrem participações de diversas etnias, classes sociais, cidadãos locais e tantos que migram e ajudam a narrar sua trajetória. Políticos, coronéis, padres e outros líderes religiosos, médicos, parteiras, professores, esportistas, sapateiros, empresários, artistas, congadeiros, todos, sem exceção, são parte importante desta narrativa.

Quando São Sebastião do Paraíso se tornou um município? De quanto era o eleitorado da cidade em 1873?  E o número de escravos registrados em 1876? Quais cidades já foram nossos distritos? Quando surgiu o primeiro jornal? E a data de fundação da Santa Casa de Misericórdia? Quando foi inaugurada a primeira loja maçônica? E a primeira estação ferroviária? Em que período funcionou as atividades da extinta Escola de Farmácia e Odontologia? Quando foram oficializados a bandeira, o hino e o cognome “Cidade dos Ipês”? Quem foram, respectivamente, uma das primeiras eleitoras e a primeira mulher a obter sua carta de “chouffer”? Estas e mais centenas de respostas aos fatos marcantes na história do município estão presentes nos verbetes contidos ao longo da obra.

O prefácio é de autoria do acadêmico e escritor Luiz Ferreira Calafiori, que, com dezenas de títulos publicados sobre a cidade e região, narra sua emoção ao ver o amado torrão natal comemorar seu bicentenário.

Reproduções de matérias publicadas em jornais e revistas de todo o Brasil, tendo São Sebastião do Paraíso como notícia, também permeiam o volume.

O leitor ainda é presenteado com um caderno de fotos composto por 32 páginas, com imagens antigas e atuais. Além de fotos de colecionadores particulares e do arquivo público municipal, que também enriquecem a obra, colaboraram cedendo seus trabalhos fotógrafos profissionais e amadores.

Ao final do livro textos avulsos como a “Carta de doação do patrimônio”, o discurso de Monsenhor Mancini dirigido ao apresentador Sílvio Santos quando a caravana de Paraíso se fez representada no programa Cidade x Cidade e uma crônica de Carlos Drummond de Andrade sobre o sino furtado da capela do Ginásio Paraisense, entre outras preciosidades que o tempo preservou.

Para sua publicação o livro contou com apoio essencial de empresas e apoiadores que acreditam na cultura e sua preservação: Associação Comercial, Industrial, Agropecu-ária e de Serviços de São Sebastião do Paraíso, Laticínios Aviação, Grupo Cantieri, Projeto 6M e Sicoob Nossocrédito.

Com acabamento superior, confeccionado em capa dura e contendo 432 páginas, o livro é ricamente ilustrado e contempla os principais fatos ocorridos nestes dois séculos de história do município de São Sebastião do Paraíso.

“Efemérides Paraisenses – São Sebastião do Paraíso 200 anos”

432 páginas
Capa dura
Caderno de Fotos
Valor: R$ 50,00

Onde adquirir: Banca da Matriz e A Criativa Papelaria & Presentes
Maiores informações e pedidos: (35) 99975-5445