LANÇAMENTO EFMÉRIDES

‘Efemérides’ 200 anos de Paraíso é lançado em sessão da Câmara

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Cultura | 23-10-2021 11:10 | 392
Escritores foram reunidos para produzir a obra “Efemerides” que já está em circulação na cidade
Escritores foram reunidos para produzir a obra “Efemerides” que já está em circulação na cidade Foto: Divulgação

A Câmara Municipal realizou na noite de quinta-feira, 21, uma sessão especial para o lançamento do livro “Efemérides Paraisenses – São Sebastião do Paraíso 200 anos”. O idealizador da obra, Reinaldo Formágio Filho fez uma breve apresentação sobre o trabalho realizado definido como “a culminância de um projeto acalentado há tempos”, disse. A iniciativa está sendo bastante elogiada tendo recebido inclusive a indicação para que além de ser presença nas bibliotecas das escolas da cidade, possa até se tornar disciplina nos estabelecimentos de ensino do município.

Conforme Reinaldo Formágio “Efemérides, são fatos ocorridos no mesmo dia, porém, em anos diferentes e temos neste caso o registro de acontecimentos grandiosos em diversas áreas da nossa cidade”, define. O escritor citou que desde menino acompanhava os registros desta natureza em livros escritos pelo historiador Luiz Ferreira Calafiori. “Encantava-me com informações de uma época que não vivi”, disse sendo um dos fatores que o motivou a desenvolver este projeto.

Junto com Reinaldo também está o trabalho de outros cinco escritores que foram convidados especiais para participarem da obra. Integram a equipe Luiz Carlos Pais, Dalila Mirhib Cruvinel, Maria Rita Preto Miranda, Tânia Pedroso Balbo e o jornalista Nelson de Paula Duarte. “Somos seis pessoas apaixonadas por esta terra”, descreve o autor. “Agradeço a todos que colaboraram, bem como a Dôra Borges, da Academia Cassiense de Letras, que colaborou com a edição e diagramação do livro”, cita.

Durante a sessão os escritores foram convidados a comentar sobre o trabalho e a contar sobre alguma efeméride registrada. Reinaldo destacou uma notícia publicada pelo Jornal do Sudoeste em uma retrospectiva de 1.994. “Naquele ano noticiava a realização do censo, a chegada da moeda Real”, exemplificou.

Representando o irmão Luiz Carlos Pais, a também escritora Joster Mara Paes, citou que “este livro ficou uma jóia”. “São muitos verbetes está aqui dentro em uma história muito rica. Vivi e me recordo de muitos fatos aqui registrados. Amo o antigo, amo o novo e vamos continuar pensando no futuro”, completa Dalila Cruvinel.

Maria Rita Miranda ressalta que todas as efemérides são de suma importância. “Me sinto honrada de ter participado. Que as pessoas possam sentar, reviver e comemorar os fatos históricos e sociais destes 200 anos de Paraíso”, destaca. “É uma obra para ser lida e guardada para a posteridade, não podemos perder a nossa memória”, acrescenta.

De acordo com Tânia Pedroso o livro Efemérides é uma relíquia que deve ser repassada para as novas e futuras gerações.

O jornalista Nelson Duarte enfatizou que com a oportunidade também pôde conhecer fatos que não conhecida. “Foi um prazer ter participado deste projeto tão bem coordenado pelo Reinaldo Formágio. Fica aqui registrado o nosso pleito de gratidão ao Dr. Luiz Ferreira e Dr. José de Souza Soares por seus registros que tanto nos ajudaram”, cita.  Nelson disse ainda que uma futura edição poderá ampliar a obra com assuntos não mencionados nesta ocasião. Reinaldo finalizou agradecendo a todos que colaboraram. “A intenção é de contemplar o que de mais interessante ocorreu nestes 200 anos de Paraíso”.

Entre os vereadores Pedro Sérgio Delfante se disse orgulhoso diante de tão bela obra. “O que vocês estão fazendo é deixar um legado muito importante. Quem não tem memória, não tem história”, afirma. Em seguida Maria Aparecida Ramos Cerize destacou que já folheou o livro e ficou feliz com o que viu. “Muito me agrada de tudo o que li, é uma história rica sobre acontecimentos da nossa cidade, um resgate que vou passar para meus filhos e meus familiares”.

Marcos Antonio Vitorino disse que ficou maravilhado em conhecer detalhes da história da cidade. “Parabéns aos autores por esta obra preciosa. Seria interessante que este conteúdo se tornasse disciplina nas nossas escolas”, propôs.

O presidente da Câmara, Lisandro José Monteiro aproveitou a sugestão que será apresentada ao Executivo em forma de indicação. Luiz de Paula também enalteceu o trabalho dos escritórios e mencionou que é uma iniciativa que entrará para a história da cidade.

Para Leonardo Lima Diogo, presidente do Conselho de Administração  do Siccob Paraíso cred, um dos patrocinadores da obra, o momento é nobre. “Temos um encontro pleno do exercício da cidadania nesta casa com apoio à cultura. Fica o nosso agradecimento a todos que contribuíram para esta obra maravilhosa realizada em tempos desafiadores”, comenta. Também destacou a sinergia na transformação de um trabalho árduo em algo de deleite para os leitores.

De acordo com Leila Yunes, presidente da Academia Paraisense de Cultura (APC) a elaboração de um trabalho como este é algo que certamente exigiu muita dedicação de todos os participantes. “Efemérides é uma enciclopédia sobre os 200 anos de Paraíso. Os escritores foram valentes nesta empreitada é presente neste momento que vivenciamos”, descreveu.

O prefeito Marcelo Morais enfatizou que ‘Efemérides’ da qual foi presenteado por Reinaldo Formágio está sendo muito comentado pelas pessoas em toda a cidade. “É uma satisfação registrarmos este acontecimento, neste momento em que comemoramos o bicentenário de Paraíso”, relatou. “É difícil registrar a história, bem sabemos, mas através deste livro Efemérides ela ficará marcada na história da nossa cidade”, concluiu.

Lisandro Monteiro ao encerrar os trabalhos mencionou que tinha uma palavra para definir todo o trabalho desenvolvido. “Reconhecimento, este é um dos melhores presentes que está sendo ofertado a São Sebastião do Paraíso”, concluiu.

Em seguida houve a apresentação do grupo musical Paraíso em Seresta. Também foi realizada uma sessão de autógrafos dos escritores para as pessoas que adquiriram a obra.