SANTA CASA

Cemig aprova o projeto de eficiência energética da Santa Casa de Paraíso

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 02-12-2021 21:09 | 535
Projeto de eficiência Energética da Cemig beneficia hospitais com implantação de usina fotovoltaica
Projeto de eficiência Energética da Cemig beneficia hospitais com implantação de usina fotovoltaica Foto: Divulgação

A Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso é uma das oito instituições aprovadas na Chamada Pública realizada pela Cemig para o Programa de Eficiência Energética. A proposta apresentada utiliza o sistema fotovoltaico, com mais de 400 painéis e capacidade de geração de 250 MWh/ano e que gerará uma economia estimada de 13 mil/mês. A convocação é uma iniciativa da Cemig, em conjunto com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que ocorre anualmente desde 2015, sendo que já foram aprovados quase 90 projetos que beneficiam, principalmente, prefeituras e serviços públicos, como universidades e hospitais.

Anualmente a Cemig avalia propostas com a finalidade de selecionar projetos sobre conservação e uso racional de energia elétrica para integrar o Programa de Eficiência Energética que tem como objetivo beneficiar, principalmente, prefeituras e serviços públicos, como universidades e hospitais.

Na quarta-feira,1º de dezembro, o provedor da Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso, Fernando Montans Alvarenga e o engenheiro Tiago Peres, participaram da Chamada Pública da Cemig, em Belo Horizonte. Dentre vários participantes no processo apenas oito hospitais foram contemplados.

No projeto da Santa Casa aprovado consta um sistema fotovoltaico com 428 painéis. A usina tem capacidade para geração em torno de 249 MWh/ano e que irá gerar uma economia de R$13 mil/mês para o hospital. Fernando Montans ressaltou que a Santa Casa esta sempre em busca de melhorias e que as inovações são bem-vindas. "A economia será eficiente e vem em boa hora, possibilitando novos investimentos no que se refere a segurança e experiência do paciente e melhores condições de trabalho para as equipes assistenciais", avalia.

Conforme a engenheira de eficiência energética Aline Pimenta Martins, da Cemig, a redução do consumo de energia elétrica e da demanda no horário de ponta para o sistema elétrico são os principais benefícios da Chamada Pública, além da disseminação dos benefícios da eficiência energética. “O chamamento propicia uma oportunidade para que o cliente proponha melhorias que permitam as soluções adequadas à redução do consumo e de gastos com a energia elétrica, impactando também na sua fatura de energia”, explica.

Como incentivo à mudança de hábitos, são realizadas ações educativas e de substituição de equipamentos ineficientes por outros mais modernos e eficientes, além da implantação de sistemas de geração de energia com fontes renováveis. Desde 2008, a Cemig já investiu mais de R$ 682 milhões em ações de eficiência energética. Para o quinquênio 2020-2024, está prevista a aplicação de R$ 457 milhões em projetos.

A Cemig já investiu cerca de R$ 100 milhões em 334 hospitais de 205 municípios mineiros. Nesta nova etapa da iniciativa, a Cemig está instalando usinas solares fotovoltaicas para que os hospitais possam gerar parte da energia consumida. Até o momento, a companhia já conectou usinas em nove municípios já contemplados no programa e a expectativa é de que no próximo ano outras 13 usinas solares fotovoltaicas sejam instaladas.

A geração solar fotovoltaica é uma tecnologia sustentável, que utiliza a energia solar para conversão em energia elétrica. A partir de um recurso energético natural e abundante, ela contribui para a redução dos impactos ambientais, pois, sua operação não emite poluentes na atmosfera, sendo considerada uma fonte de energia limpa e renovável. Além disso, com a economia proporcionada na conta de energia, as instituições poderão redirecionar esse recurso para outras áreas e beneficiar ainda mais a população.

O espaço é uma iniciativa do Programa Energia Inteligente da Cemig, regulado pela Aneel, cujo objetivo é disseminar a cultura do uso eficiente da energia e da redução e eliminação do desperdício do recurso. As ações de eficiência energética da Cemig estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), principalmente aqueles relacionados à promoção de oportunidades de aprendizagem e do acesso à inovação.

Fernando Montans Alvarenga, provedor da Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso
Fernando Montans Alvarenga