INVENTÁRIO

Prefeitura atualiza dados de inventário e patrimônio cultural

Por: Redação | Categoria: Cultura | 14-12-2021 13:55 | 278
Foto: Reprodução

A Secretaria de Esporte, Lazer e Cultura do município, realiza até o final deste ano a atualização de bens do inventário municipal de proteção do patrimônio cultural. Trata-se de um conjunto de bens materiais ou imateriais que manifestam a cultura de nosso país. O setor responsável pelo patrimônio cultural paraisense, em parceria com o Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, atualizaram o Arquivo Público de Fotografias e a Biblioteca de Autores Paraisenses – ambos localizados na Casa da Cultura Antônio Carlos Pinheiro de Alcântara, na Oliveira Rezende, nº 509, bairro Braz, seguindo cronograma de ações do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha).

De acordo com a historiadora Letícia Maria Mandello Pimenta de Almeida, cada região tem suas festas, seus monumentos, construções, ofícios, saberes, paisagens. “Se todos esses patrimônios não fossem conservados, nunca teríamos uma cultura que nos identifica enquanto região ou nação”, revela.

De acordo com os estudos feitos, existem níveis de proteção para cada um desses patrimônios, um deles é o inventário. Esse instrumento de proteção cultural busca identificar, estudar, catalogar e divulgar os bens culturais de uma determinada região.

“Quem define quais serão esses bens é a própria comunidade, ela sabe a preciosidade cultural de cada ação ou bem material desenvolvidos há anos e que faz parte da história viva desse povo. Por isso mesmo, o amor às tradições é um sentimento que fala alto quando um conselho técnico vai identificar formalmente esses bens”, diz Letícia.

A parte técnica é trabalhada em âmbito municipal, estadual e federal. Em São Sebastião do Paraíso está a cargo do Conselho Municipal de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural em conjunto com o Departamento de Cultura. Em reuniões os conselheiros identificam esses bens por meio do inventário e, se necessário, ampliam essa proteção por meio do Registro ou Tombamento.

“É uma das ações desse setor fazer estudo constante e divulgação educacional a toda comunidade. Nesse sentido, a atualização do Inventário de Proteção do Patrimônio Cultural tem como finalidade verificar a situação do bem cultural já inventariado, readequar informações e / ou acrescentar, e incluir novos bens de valor histórico e cultural municipais, que ainda não tenham sido inventariados”, explica Kátia Maria Alves Roncollato, também historiadora envolvida no trabalho de atualização.

O acervo de fotografias do centro de memória de São Sebastião do Paraíso contém atualmente cerca de cinco mil imagens que contam a história do município desde a década de 70 (século XIX) até os dias de hoje. Ele ilustra diversas fases da cidade, sendo uma grande fonte de pesquisa para interessados. Já a coleção da Biblioteca de Autores Paraisenses começou a ser formada a partir da atuação do ex-prefeito Luiz Ferreira Calafiori, com o objetivo de resguardar a memória literária e histórica da cidade. “Após sua doação à Casa da Cultura, a biblioteca continuou recebendo doações da comunidade a aumentando cada vez mais seu acervo em seus diversos assuntos”.

As fichas de inventário atualizadas também estão à disposição para consulta pública na Casa da Cultura, em conjunto com a legislação relacionada ao Patrimônio Cultural, tendo em vista o crescente interesse de universitários no tema.
(Secom Pref. SSP)