SAÚDE

Câmara Municipal determina investigação por parte da Comissão de Saúde

Por: João Oliveira | Editoria: saude | 05/07/2017 | Visualizações: 1566

Presidente da Câmara requisitou à Comissão Permanente de Saúde investigação sobre o atendimento da criança de cinco anos que veio a óbito na última semana - Foto de ASSCAM

Mesmo com a Câmara Municipal em recesso, vereadores de São Sebastião do Paraíso continuarão se reunindo nas tardes de segunda-feira, como fazem comumente antes das sessões ordinárias, para discutir projetos de lei que estão na Casa e as demandas que aparecem da população. Na reunião desta segunda-feira (3/7), o presidente Marcelo Morais requisitou a Comissão Permanente de Saúde uma investigação sobre o atendimento da criança de cinco anos que veio a óbito na última semana, após ser atendida na UPA.
Segundo Morais, um requerimento com algumas perguntas será enviado ao Executivo Municipal. Os vereadores questionam, por exemplo, como foi o atendimento prestado; se a criança passou por consulta com médico pediatra, e se não passou qual foi o motivo; se o médico que atendeu a criança solicitou exame; por que a criança foi liberada após o primeiro atendimento e no mesmo dia, logo após o óbito, surgiu a suspeita de meningite. Se os dois atendimentos da criança na UPA ocorreram em um pequeno espaço de tempo, por que não houve o diagnóstico de suspeita de meningite no primeiro atendimento; entre outras informações. Também será solicitada a escala de trabalho dos pediatras dos últimos 90 dias e dos próximos 30 dias na UPA.
A Mesa Diretora fará o requerimento e todos os vereadores poderão assiná-lo. A Comissão de Saúde, formada pelos vereadores Cidinha Cerize, Jerônimo Aparecido Silva e José Luiz das Graças pretende ouvir os envolvidos no caso, como médicos, atendentes, o secretário de Saúde e familiares da criança. Os trabalhos também serão acompanhados pelos vereadores Lisandro José Monteiro e Luiz de Paula. Caso a Câmara julgue necessário, após as oitivas será instalada uma Comissão Parlamentar de Investigação (CPI) para apurar se houve falha no atendimento.
De acordo com o presidente da Câmara, a intenção dos vereadores com este procedimento é minimizar impactos de reais responsabilidades. “Não podemos deixar de investigar algo tão grave mediante a quantidade de denúncias que tem chegado à Câmara após o fato. Temos visitado semanalmente a UPA, temos nos preocupado com os atendimentos e estaremos presentes em todos os problemas levantados na cidade”, finaliza Marcelo Morais.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897