TRÂNSITO

Sinalização eletrônica de trânsito precisa ser melhorada em Paraíso

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Editoria: cidades | 30/07/2017 | Visualizações: 775

Semáforo do cruzmento das ruas Placidino Brigagão e Genaro Joele, sinalização para pedestres está incompleta - Foto de Sebastião Tadeu Ribeiro

Sobre sinalização nos semáforos existentes em vias públicas de São Sebastião do Paraíso, constatamos várias falhas gritantes na sinalização eletrônica, para a passagem de pedestres. Falta, ou está inapropriada.
Vamos citar somente os locais onde deveria estar em perfeito funcionamento para oferecer segurança e evitar atropelamento de pedestres, seres humanos. Na avenida Oliveira Rezende, cruzamento com a rua Pimenta de Pádua, onde o trânsito de veículos é intenso, simplesmente não existe sinal eletrônico "a vez da passagem de pedestres".
Na avenida Monsenhor Felipe, cruzamento com a rua Tabajara Pedroso, também não existe, o que ocasiona constante perigo. No cruzamento das ruas Dr. Placidino Brigagão com a Genaro Joele existem apenas dois sinais eletrônicos para pedestres, sendo que em cruzamentos o correto seria ter em todos os sentidos. Na avenida Monsenhor Mancini, cruzamento com a rua Professor Nixon existem quatro sinaleiros informando pedestres, quando o correto seriam oito.
Demais semáforos em vias públicas em Paraíso estão funcionando corretamente para veículos e pedestres.
Outro ponto que tem gerado muita reclamação de condutores de veículos é no cruzamento da avenida Oliveira Rezende com a rua Pinto Ribeiro, para quem transita vindo da Praça da Saudade. Normalmente há filas de espera para se fazer a travessia, e a situação se complica ainda mais após sepultamentos, quando aumenta o número de veículos no referido sentido.
Formam-se grandes filas de quem vem da praça e pretende seguir pela rua Pinto Ribeiro ou convergir na avenida Oliveira Rezende. É um verdadeiro sufoco, perigoso. "Só tem vez quem está dirigindo pela avenida Oliveira Rezende", afirma, com razão, o paraisense Luiz Moura.
Reclamantes estão cobertos de razão, pois referido cruzamento é muito complicado. O local precisa de maior atenção por parte da Secretaria municipal de Trânsito para solucionar este problema de condutores ficarem esperando muito tempo para prosseguir o trajeto no destino almejado. Além de perda de tempo, há de se considerar estudos que comprovam que a espera com veículos funcionando, como ocorre no cruzamento da Oliveira Rezende com a Pinto Ribeiro, ocasionam mais aquecimento nos motores, maior gasto de combustíveis, além de outros desgastes, que acabam refletindo no bolso de proprietários.
Outro detalhe importante e que nunca poderia acontecer em hipótese alguma é se dar maior preferência ao trânsito de veículos do que aos pedestres, seres humanos. Veículo é ferro, lata, borracha, plástico. Estragou, se arranja. Mas a perda de vida humana não tem dinheiro que pague. A preferência deve ser para os pedestres.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897