FEBRE AMARELA

SES informa que Paraíso investiga caso de epizootia para febre amarela

Por: Roberto Nogueira | Editoria: saude | 08/03/2017 | Visualizações: 187

Município continua vacinação contra febre amarela enquanto caso do macaco encontrado morto é investigado - Foto de Reprodução

A SES (Secretaria de Estado da Saúde) divulgou nesta terça-feira,7, mais um Informe Epidemiológico sobre a febre amarela em Minas Gerais. Segundo o boletim, somente neste ano, até o momento, foram notificados no Estado 1.076 casos de Febre Amarela, sendo que desses 57 foram descartados e 272 são casos confirmados. Em São Sebastião do Paraíso não há nenhum caso confirmado, mas o município apresenta um caso de epizootia, que é uma situação de investigação se um animal morto estava contaminado ou não.
O boletim de atualização sobre a situação da Febre Amarela está sendo publicado duas vezes por semana, às terças e sextas, a partir das 15h, e não mais diariamente. Essa medida se justifica considerando que houve uma redução significativa no número de casos notificados diariamente. 
A SES (Secretaria do Estado da Saúde de Minas Gerais) afirma que distribuiu até o momento,  o quantitativo de 6.139.400 doses de vacina Febre Amarela para atender as áreas selecionadas com estratégia de intensificação vacinal e rotina de vacinação. Dados fornecidos pelas Unidades Regionais de Saúde mostram que já foram aplicadas 3.803.707 doses de vacina Febre Amarela no Estado, sendo 1.507.339 doses nos municípios com surto de febre amarela.
Na regional de Passos, onde o município paraisense está inserido já foram enviadas 120 mil doses e foram aplicadas 87.473 doses. No último balanço divulgado pelo município ao final de fevereiro apontava que 951 pessoas havia procurado os postos de vacinação para se imunizar contra a doença. Desde o início desta semana a Secretaria Municipal de Saúde vem realizando um trabalho na zona rural facilitando aos moradores tomarem a vacina. Também é possível encontrar a dose nos postos localizados  junto as USF (Unidades de Saúde da Família) no bairro São Judas Tadeu, Vila Formosa, Vila São Pedro, Posto de Puericultura e na USF Carine Abude, no Distrito de Guardinha. 

 

MACACO
Há cerca de 10 dias o Departamento Municipal de Controle de Zoonoses foi acionado e recolheu os restos mortais de um macaco da espécie “Mico Estrela” que foi encontrado morto na Avenida Itália, no Jardim Europa. O material foi enviado para análise na Funed (Fundação Ezequiel Dias), em Belo Horizonte. Conforme as primeiras informações a origem da morte do animal era desconhecida sendo aventadas várias possibilidades, e consideradas remotas as chances do óbito ter sido causado por febre amarela.
De acordo com informações do boletim da SES em toda Minas Gerais existem 124 municípios com rumor de epizootia para febre amarela, além de 84, onde inclui-se Paraíso, em investigação. Cerca de 93 casos já foram analisados e tiveram confirmação para a doença. A Epizootia é o conceito utilizado em veterinária e ecologia das populações para qualificar uma enfermidade contagiosa que ataca um número inusitado de animais ao mesmo tempo e na mesma região e que se propaga com rapidez.
Para a Secretaria de Saúde do Estado foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram detalhes como exame laboratorial detectável para Febre Amarela; exame laboratorial não detectável para dengue; histórico vacinal (não vacinado/vacinação ignorada). Também são características situações como sinais e sintomas compatíveis com a definição de caso; exames complementares que caracterizam disfunção renal/hepática. Em relação aos óbitos, há 184 óbitos suspeitos. Desses, 101 foram confirmados. 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897