DÍVIDAS QUITADAS

Consórcio Intermunicipal de Saúde quita dívidas e aumenta antendimentos

Por: Redação | Editoria: saude | 03/03/2018 | Visualizações: 1999

- Foto de Denis Menezes

O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Sudoeste Mineiro (Cissm), realizou na sexta-feira, dia 2, na Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, reunião para prestação de contas do exercício de 2017. O balanço final foi positivo, com dívidas quitadas, contas em atraso colocadas em dia, aumento no número de atendimentos e municípios que integram o órgão, presidido pelo prefeito Walker Américo Oliveira.
“Avançamos no Consórcio, economizamos e aumentamos o leque de serviços”, ressaltou Walker. Quando assumiu a diretoria do Cissm no final de 2016, havia uma dívida de R$ 400 mil. “Tínhamos valores para acertar com médicos, rescisões e hoje temos um saldo positivo de R$ 60 mil, ou seja,  conseguimos cumprir o orçamento e manter dinheiro em caixa”, afirma. 
Além de Paraíso, integram o Consórcio os municípios de Bom Jesus da Penha, Itamogi, Jacuí, Monte Santo de Minas, Pratápolis e São Tomás de Aquino. Recentemente passou a fazer parte o município de Capetinga.
De acordo com as contas apresentadas, em 2017 o Consórcio teve uma receita de R$ 931 mil e uma despesa de R$ 928 mil. Atualmente os municípios contribuem para a manutenção do órgão de acordo com sua população. O saldo é repassado de duas formas: 25,34% (para despesas administrativas) e 74,65% (para atendimentos em geral, como consultas e exames). No caso de Paraíso, no ano passado houve um aumento de 174% no número de atendimentos em relação a 2016, passando de 869 para 1.176 procedimentos.
“Todos os municípios tiveram aumento significativo nesta questão, além disso, ampliamos a gama de serviços oferecidos e, no passado, passamos a ofertar aos pacientes ressonância magnética, odontologia e novas empresas foram cre-denciadas, dando mais opções de atendimento dentro e fora de Paraíso”, ressaltou o prefeito Walker. O repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) destinado ao Consórcio também aumentou. No caso de Paraíso, foi de 100% em relação a 2016. 
“Infelizmente a administração anterior não repassava recursos ao consórcio, que esteve a ponto de fechar suas portas”, destacou o presidente.
Outra pauta debatida na reunião foi que, a partir deste mês, os municípios vão assumir as despesas com os ônibus que fazem transporte de pacientes e não mais o Consórcio. Os veí-culos passarão para o patrimô-nio dos municípios após o trâmite de documentos. Paraíso ficará com um, além  do carro reserva. A medida foi tomada devido à decisão do Governo do Estado que não vai mais assumir este tipo de pagamento. Os membros também vão estudar a compra de medicamentos, via Consórcio, que montará todo o processo de licitação. “Com isso, temos a possibilidade de obter preço menor, quantidade maior e cada cidade paga sua parte direto ao fornecedor”, explicou o prefeito Walker.
Participaram da reunião o secretário municipal de Saúde, Wandilson Bícego, Igor Luiz Souza Silva e Nei André Freire (prefeito de Bom Jesus da Penha), Denise Alves Souza Neves (prefeita de Pratápolis), juntamente com Rosimeire Antônio Silva Santos, Fábio Lucas Vieira Oliveira, de Jacuí, Ro-naldo Pereira Dias (prefeito de Itamogi), em companhia da secretária de Saúde, Priscila Marcomini Dias e José Carlos Pimenta (prefeito de São Tomás de Aquino). A convite do deputado federal Carlos Melles, também esteve presente Maria Julieta Paulinho da Costa, que apresentou uma proposta de consultoria para cirurgias eletivas. 
(por  Adriano Rosa Silva)

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897