CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2194

Por: Redação | Editoria: cidades | 14/04/2018 | Visualizações: 1500

- Foto de Reprodução

EXPERIMENTANDO
No que pesem os prejuízos provocados e os traumas causados com a ação cinematográfica dos bandidos que agiram na região no meio de semana, o caso comprova apenas o quanto o crime está organizado e as forças de segurança defasadas em seu poderio bélico para combater este tipo de crime. Várias cidades da região já haviam experimentado este tipo de ação. Passos, sede de batalhão da polícia, era o porto seguro e nunca seus estabelecimentos e sua população haviam sido violados. O grito por socorro que se ouve das pessoas e das autoridades é o mesmo emitido por outras cidades que reservadas as devidas proporções também passaram por situações semelhantes.

 

FORÇA TAREFA
Grande mobilização de efetivo, viaturas e até helicópteros, mas até o momento em que esta coluna estava sendo redigida nenhum dos criminosos havia sido pego. Suspeitos foram ouvidos e liberados. No entanto, os agentes diretos saíram incólumes. Entra a fase da investigação. Igual mesmo em Paraíso, passados 10 meses do ataque ao Banco Mercantil que foi explodido, e que causou o mesmo tipo de pânico aos moradores do centro da cidade, nada de concreto ocorreu a não ser a reconstrução da agência. Reuniões ocorreram, mas nenhuma providência prática foi tomada sob a alegação de que os custos dos investimentos solicitados para aumentar a segurança eram caros demais. 

 

INTELIGÊNCIA
Se a ousadia e atrevimento de amigos do alheio, leiam-se quadrilhas organizadas, ultrapassou todas as medidas, lado outro a força conjunta anunciada pelo governador Fernando Pimentel parece ainda não começou a agir. Esperava-se que um sistema de Inteligência iria, com a rapidez que demanda exige, iria rastrear, identificar e dar um paradeiro nesta escalada sem fim, de insegurança.

 

UFLA
Mais um capítulo para a implantação do Campus da Universidade Federal de Lavras (Ufla) em São Sebastião do Paraíso foi efetivado nesta semana. Fato é que o Conselho Nacional da Educação aprovou na quarta-feira,11, a existência do Campus Paraíso de forma oficial. A mais nova etapa sendo trabalhada é a busca de recursos para licitar o início das obras ainda neste ano. O campus federal em Paraíso é um projeto macrorregional, com a missão de levar qualidade de ensino para os estudantes, geração de ciência, tecnologias, e produtos inovadores, que irá nos permitir gerar e acelerar o desenvolvimento para uma ampla região. 

 

FURNAS
O não, para a proposta de privatização de Furnas reúne no mesmo palanque políticos graduados da região. Os parlamentares federais Renato Andrade, Rodrigo Pacheco e Carlos Melles abraçaram a causa.  O mesmo acontece com os deputados estaduais Emidinho Madeira, Antônio Carlos Arantes e Cássio Soares. A batuta está com o deputado estadual que é quem está liderando um movimento para impedir mais esta ação do governo. Em tempos outros quando a mesma proposta foi aventada, o então governador Itamar Franco ameaçou cercar a área com a polícia mineira. Não se sabe se atualmente existem outros Itamares com os mesmos propósitos. 

 

DESVIARIA
O então governador Itamar Franco não se fez de rogado, e até manobra da Polícia Militar houve na época, na região do Lago de Furnas. Mas o que fez o caso ser mesmo repensado foi ele afirmar com todas as letras que determinaria o desvio das águas do reservatório de Furnas, sentido Rio São Francisco. Bom lembrar que Itamar Franco tinha formação de engenheiro, sabia o que falava e não costumava blefar.

 

POSICIONANDO
O vice-presidente da Câmara, Vinício Scarano Pedroso emitiu nota de esclarecimento público, numa tentativa de se justificar perante seu posicionamento de votar a favor da abertura da comissão que investiga pagamento de custas processuais pela prefeitura ao INPAR.  O vereador que antes se dizia contrário e até esteve no gabinete do prefeito Walkinho defendendo seu posicionamento, posteriormente mudou de opinião. Vinicinho pleiteava ser o relator da referida comissão, mas foi voto vencido na disputa com Cidinha Cerize. O voto de minerva foi dado pelo presidente Marcelo Morais, que deixou o vice prá lá de insatisfeito.

 

DEFESA
Vinício Scarano emitiu nota falando sobre as funções do vereador e defendeu seu posicionamento. Em certo trecho do comunicado alguns apontamentos com direção certa. Diz ele que não toma atitudes para satisfazer ego de ninguém. Também menciona que nunca fará pré-julgamento e que não pretende expor ninguém injustamente e que espera cumprir o objetivo proposto e no final enaltecer que o Poder Executivo está correto.  Para quem entende do riscado é o típico caso do belisca e assopra, bate e acaricia.  

 

EM QUEDA
Expectativa de que nestes dias o preço do etanol possa ter uma queda em Minas Gerais, possibilitando que o produto seja comercializado em menos de R$ 3,00 no Estado. Isso se dá devido à redução do valor que está sendo ao produtor que sofreu queda de R$ 0, 26 e ainda não tinha chegado às bombas. Diferente de quando é aumento, onde o repasse do reajuste é instantâneo. Comparando com a gasolina, o álcool voltará a ter custo mais vantajoso quando passará a valer cerca de 67% do outro combustível. Resta saber se em São Sebastião do Paraíso haverá mesmo a redução do preço e a competitividade entre os postos de revenda. 

 

BIOMETRIA
Apenas 2.174 de 49.937 eleitores de São Sebastião do Paraíso que vão participar das eleições em outubro deste ano possuem cadastramento biométrico. A 260ª Zona Eleitoral abrange ainda outros três municípios, ou seja, Jacuí que tem 1.225 votantes no sistema; Itamogi com 1.562, enquanto que em São Tomás de Aquino há apenas 144. A preferência em cadastrar pessoas no novo modelo é para quem vai tirar título pela primeira vez ou transferir o documento para a Comarca. Nas quatro cidades juntas somam-se mais de 70 mil eleitores.

 

NOVO ATRASO
O Governo do Estado continua contrariando as expectativas dos prefeitos mineiros ao não efetuar os repasses do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), de forma integral, como determina a Constituição. Na transferência desta semana, na terça-feira, foram repassados apenas 47% do estimado para a cota-parte devida aos municípios mineiros. Ou seja, foi liberado para pagamento o montante de R$ 155.971.207,14 em valores líquidos, deduzido Fundeb. A previsão era de que o repasse deveria ficar na casa de R$ 330 milhões aos caixas das prefeituras mineiras. 

 

PROMOTORIA
Boletim do Ministério Público de Minas Gerais divulgado nesta semana comunica a transferência do Promotor de Justiça, Luis Augusto Belloti, de São Sebastião do Paraíso para a Comarca de Segunda Entrância em Ouro Fino. Amado por uns e odiado por outros Belloti é protagonista de várias polêmicas na cidade, sobretudo, em relação a eventos e shows artísticos com emissão de sons em locais abertos e fechados Para todos os efeitos a lei é feita para ser cumprida, não houve desobediência às determinações, não haveria necessidade de medidas drásticas para se manter a ordem. 

 

SILÊNCIO DO BERRANTE
A respeito da ida do promotor Luis Belloti para Ouro Fino, em bate papo entre músicos um deles não perdeu tempo e disparou: “É capaz dele querer rever a história, e proibir que o “Menino da Porteira” peça que o boiadeiro “toque o berrante”.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897