TCC CICLOVIÁRIA

Walkinho conhece TCC para implantação de malha cicloviária em Paraíso

Por: Redação | Editoria: educacao | 14/04/2018 | Visualizações: 2172

- Foto de Denis Menezes

Uma ideia projetada pela publicitária, arquiteta e urbanista, Érika Moreira Coelho, que visa a construção de uma malha cicloviária em São Sebastião do Paraíso para atender a todos que utilizam a bicicleta, não apenas para atividade de lazer, mas também como meio de transporte e, por isso, essencial no dia a dia, foi vista com bons olhos pelo prefeito Walker Américo de Oliveira, pelo secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil, Miguel Félix de Souza, e pela engenheira de Trânsito, Walquíria Caetano de Pádua Vieira, em reunião que aconteceu na quarta-feira, (11/4).
De acordo com Érika, o uso de bicicletas em áreas urbanas, seja para o transporte ou para prática de exercícios físicos e lazer, é uma tendência mundial e a implantação de ciclovias e ciclofaixas promovem maior organização e segurança no trânsito, atraindo mais ciclistas para as vias. Ainda, conforme ela, a substituição dos automóveis pelas bicicletas no deslocamento urbano, em distâncias curtas e médias de até oito quilômetros, resultam em economia para a população e para o município.
O anteprojeto é parte do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na Universidade de Franca (Unifran), que teve como objeto de estudo o município paraisense. Ela se baseou nas características geográficas e culturais da cidade, nos parâmetros de projetos governamentais e em experiências internacionais, como Amsterdã e Bogotá, e nacionais, como Sorocaba (SP).
"Foram desenvolvidos modelos de ciclovias e ciclofaixas adequados para cada tipo de via, e previstas soluções para locais de conflito, como cruzamentos e rotatórias", explica a arquiteta. O anteprojeto contempla também a implantação de paraciclos, que são estruturas de ferro onde as bicicletas são estacionadas e trancadas, e a construção de um bicicletário. O embasamento teórico do TCC comprova que o investimento nessa infraestrutura soluciona vários problemas de trânsito, saúde e sustentabilidade.
De acordo com a engenheira Walquíria, dentro do Plano de Mobilidade Urbana já estão previstas ciclovias. "Existe a possibilidade de buscarmos recursos com o Governo Federal, apresentando um Plano Cicloviário, que pode ser realizado em etapas", afirmou. "Isto está previsto no Plano Municipal, bem como a busca de parcerias por meio da iniciativa privada", completa.
O prefeito Walker parabenizou a iniciativa e considerou importante transformar a ideia em projeto. "Vamos diminuir a quantidade de veículos no centro da cidade, além de promover melhorias na qualidade de vida das pessoas e na parte ambiental também", disse. Já o secretário Miguel Félix comentou que em alguns pontos de Paraíso há um movimento grande de pessoas que fazem caminhadas e ciclismo e um projeto desta natureza é bastante positivo.
Segundo Érika, "a geografia predominantemente ondulada, bem como a cultura da bicicleta existente na cidade, favorecem a implantação da Malha Cicloviária. Porém são necessárias campanhas educativas e de conscientização, já previstas no Plano de Mobilidade, para que a iniciativa seja um sucesso". O anteprojeto foi apresentado em mapas, especificando a localização de cada ciclovia e ciclofaixa e destacando sua abrangência. Outros encontros devem acontecer para amadurecer sua implantação.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897