TURISMO

Paraíso participa do Censo do Turismo

Paraíso também se destaca por seus aspectos naturais

Por: Roberto Nogueira | Editoria: cidades | 14/05/2018 | Visualizações: 2572

Estância hidromineral, pousadas, artesanato e folclore estão entre as atrações da cidade - Foto de Arquivo

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur-MG), divulgou o resultado da pesquisa Censo Turismo 2017). O levantamento consiste em diagnosticar as ferramentas de gestão turística e boas práticas executadas pelos municípios regionalizados. O levantamento trás informações sobre São Sebastião do Paraíso que participou da pesquisa, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, que atua com o setor de turismo no Município. 
A pesquisa levantou dados a partir de cinco eixos fundamentais para o desenvolvimento sustentável do turismo. O objetivo do estudo é compreender melhor a realidade de cada localidade, possibilitando a elaboração de estratégias para o desenvolvimento de políticas mais direcionadas aos municípios. O questionário foi aplicado, via internet, para gestores municipais integrantes da Política de Regionalização do Turismo no Estado de Minas Gerais. No total, foram enviados 602 questionários obtendo uma taxa de retorno de 96,3%.
De São Sebastião do Paraíso foram prestadas informações sobre o Turismo através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Paraíso como 85,7% dos municípios mineiros possui um Lei Municipal de Turismo Vigente, assim como 30% das cidades não tem um Plano Municipal de Turismo e outros 35,3% que não possui plano executado ou em execução. A cidade é como outros 21,6% que tem um sistema de monitoramento de ações do setor.
Desde o início de 2017 que o Departamento de Turismo em reestruturando a situação do município, inclusive junto aos órgãos governamentais. Segundo Mericia Dizaró Bonfim foi realizado um amplo levantamento das informações do setor que continuam sendo cadastradas. "Respondemos o questionário que foi aplicado, via internet, para gestores municipais integrantes da Política de Regionalização do Turismo no Estado de Minas Gerais", comenta. No total, foram enviados 602 questionários obtendo uma taxa de retorno de 96,3%.
O questionário aplicado respondeu a 35 questões que identificou os lugares onde existe conselho ou colegiado, Fundo Municipal de Turismo ou se o município participa de algum consórcio. No caso de Paraíso há a participação no Circuito Turístico Montanhas Cafeeiras desenvolvido pelo próprio Estado de Minas Gerais. A pesquisa levanta ainda detalhes sobre a existência de plano de marketing, posicionamento de mercado e até mesmo em relação a banco de imagens com fotos e vídeos atualizados dos principais atrativos.
O Censo apurou informações como a Organização da Política Municipal, Promoção Turística, Monitoramento e Pesquisa, Infraestrutura e, por último, Sustentabilidade e Participação Social. A expectativa é de que o estudo possibilite uma melhor identificação da realidade de cada cidade permitindo que se busquem meios de contribuir de forma efetiva para que o turismo se fortaleça. Com as respostas obtidas será possível traçar novas estratégias e aprofundar em demandas que ainda não são exploradas em busca de desenvolvimento do setor e toda a sua cadeia produtiva.
O maior ponto de atenção foi detectado no eixo de Monitoramento e Pesquisa. Observou-se que os municípios ainda enfrentam obstáculos para um levantamento eficiente de informação, tais como obter dados do perfil dos turistas ou número de empregados do setor, em que apenas 13% e 6,7% dos municípios afirmaram possuir um monitoramento. Já em relação à Promoção Turística, 68% dos respondentes afirmaram possuir banco de imagens, 55% sites promocionais dos destinos e 43% materiais promocionais de divulgação. Porém, ferramentas mais robustas como a realização de um plano de marketing foi apontada como existente por apenas 12% dos municípios.
Observatório do Turismo de Minas Gerais, no endereço eletrônico www.observatorio turismo. mg.gov.br/censo-turismo-2017.


MAPA E ROTA DO TURISMO
Em setembro de 2017 São Sebastião do Paraíso voltou a integrar o mapa do turismo brasileiro. O município está relacionado entre as 276 cidades que foram incluídas entre as que possuem vocação turística e que os gestores querem trabalhar o setor para desenvolver a economia, gerando emprego e renda. Conforme o Departamento de Turismo da Prefeitura a medida possibilitará a volta do recebimento do ICM's Turístico e que a cidade possa receber indicações e recursos do governo para o desenvolvimento de atividades nesta área.
Também no ano passado a Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados aprovou a criação do Roteiro Turístico dos Cafés da Alta Mogiana, envolvendo 15 municípios de São Paulo e 8 municípios de Minas Gerais. A estruturação, a gestão e a promoção dos atrativos turísticos envolvendo os cafés produzidos na Alta Mogiana receberão o apoio de programas oficiais do Governo Federal voltados para a regionalização do turismo. A proposta visa fomentar o setor de turismo explorando as belezas naturais em torno da produção de café.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897