ESTRADA

Usuários pedem manutenção em trecho da estrada da Noca

Por: Redação | Editoria: cidades | 20/05/2018 | Visualizações: 1407

Usuários disputam espaço e reclamam da situação da estrada que dá acesso a importantes áreas da zona rural - Foto de Reprodução

Moradores do Condomínio Cachoeira, professores, alunos da E.M. Napoleão Volpe, produtores rurais, motoristas e usuários em geral que transitam pela estrada da Noca estão enfrentando um grande desafio para exercer o direito de ir e vir. Quem vem para a cidade, ou quem vai para a zona rural ou cidades circunvizinhas por esta rota está sendo obrigado a enfrentar a poeira e correndo risco de se envolver em acidente devido a obras que foram realizadas na via. “Só quem passa aqui todos os dias sabe da situação complicada que está isso aqui e não há providências”, diz o motorista José Carlos Pacheco.
Assim como ele todas as pessoas que trafegam pela estrada estão tendo de enfrentar a poeira que se forma no trecho entre a Capela da Noca e a entrada do Condomínio Cachoeira, que fica na região do Espraiado. “Aqui dá acesso a muitos lugares, como escola, fazendas, Clínica de Saúde, estância turística além de outras cidades como Cássia e Capetinga, merecia ter uma melhor atenção”, diz a aposentada Rosimara dos Santos que possui uma propriedade rural na região. Em vários dias da semana ela se desloca até Paraíso e volta e conforme relata parece “um sofrimento, um martírio”, define.
Igual a ela, a mesma situação é vivenciada por diversos usuários da estrada. “A gente passa porque precisa, não tem outro caminho então tem de enfrentar” explica a estudante Lucimeire de Jesus. Um motorista de veículo escolar que preferiu não se identificar disse que a situação piorou após a realização de uma obra por uma operadora de internet. “Cavaram uma valeta de um lado e depois tamparam, mas foi um serviço mal feito, a terra ficou fofa e corremos risco de acidentes todos os dias”, diz. Junto com ele havia uma professora que também preferiu o anonimato que sugeriu “ao menos que jogassem um pouco de água duas vezes por semana a situação poderia ser amenizada”.
José Paulo Rodrigues é motorista de uma perua kombi e faz entregas. “A gente passa aqui direto e quando não é barro e lama a gente tem de enfrentar esta poeira. Enquanto a Prefeitura não faz nada São Pedro podia ajudar com uma chuvinha leve”, brinca. Em virtude da poeira ele disse ter presenciado um acidente há duas semanas. “Felizmente ninguém se machucou gravemente, além do susto, mas pode acontecer de novo e ser sério, torço para que não”, conclui. 
A vice-prefeita Dilma de Oliveira é moradora da região da Antinha, passa na estrada com frequência e tem recebido o clamor das pessoas. “Sou cobrada todos os dias, por estar na Prefeitura. Já fiz protocolo, encaminhei ofício e estamos aguardando providências”, comenta. Ela disse que algumas lhe criticaram com acusações, mas que está com a consciência tranquila do seu trabalho. “Estamos em um período de seca, a Prefeitura ficou um tempo sem condições de colocar as máquinas para rodar e agora que a situação está sendo regularizada”, justifica. Bem humorada, mas em tom de desabafo Dilma afirma, “nem estou me beneficiando”, completa. 
A vice-prefeita Dilma Oliveira anunciou em comunicado nas redes sociais que solicitou pessoalmente ao prefeito Walker Américo o agendamento de uma reunião quando pretende-se tratar do assunto junto com representantes de escola, do condomínio, de um hotel fazenda e de outros estabelecimentos e propriedades da região. O encontro foi marcado para ocorrer na próxima quarta-feira,23, às 13h30 na prefeitura.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Obras o trabalho de manutenção das estradas rurais está em andamento, junto com outras ações realizadas no município. O setor está recebendo atenção especial em vários trechos devido a época da colheita do café para a escoação da produção. A justificativa é de que há vários trechos para passarem por manutenção e que certamente a região será atendida, mas sem que haja um estabelecimento de prazo de imediato.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897