PRÊMIO

Elenir Novaes é finalista do Prêmio Educador nota 10

Por: Roberto Nogueira | Editoria: educacao | 15/07/2018 | Visualizações: 3539

Professora Elenir Novaes - Foto de Reprodução

A professora Elenir Novaes, da Escola Municipal Campos do Amaral, de São Sebastião do Paraíso é uma das 10 finalistas do Prêmio Educador nota 10. O concurso é promovido pela Fundação Victor Civita desde 1998, e é considerado o maior e mais importante prêmio da Educação Básica Brasileira, reconhecendo professores da Educação Infantil ao Ensino Médio e também coordenadores pedagógicos e gestores escolares de todo o país. Inicialmente ela havia se classificado entre 50 selecionadas, mas na sexta-feira,13, saiu o resultado de nova seletiva em que a professora paraisense é um dos destaques. 
Elenir concorreu com outros 4100 inscritos e seu projeto de Matemática “De cor e salteado – Fundamental I” foi escolhido como um dos melhores do país. No início do ano letivo, a professora achava difícil imaginar seus alunos do 3º ano resolvendo contas de cabeça. Eles não abriam mão da conta armada e se confundiam durante o processo de resolução. Além disso, mesmo alcançando resultados sem sentido, não percebiam seus erros: estavam presos a um fazer mecânico.
Diante desse cenário, a professora trabalhou propriedades das operações e regularidades do sistema de numeração decimal, dando voz às crianças para que explicassem o que haviam pensado para alcançar o resultado. Elenir também trabalhou com a memorização de resultados. Dessa maneira, a turma passou a confiar mais nas próprias possibilidades de resolução e passou a resolver as propostas de forma que compreendesse o que estava fazendo. Agora, todos lançam mão de outras estratégias, como a decomposição e a sobrecontagem.
De acordo com Elenir, a banca examinadora é muito rigorosa na análise dos critérios, o que faz com que o concurso tenha muita credibilidade, por isso, ela já comemora o fato de estar entre os 50 finalistas. Em 2015 ela também esteve entre os classificados, mas agora quer superar seus limites.
Nesta sexta-feira, 13, foram divulgados os nomes dos dez vencedores do Prêmio e a professora paraisense que estava confiante em avançar no concurso confirmou o sentimento e está entre o grupo seleto.  “Os 50 finalistas são muitos bons, por isso, já estou muito feliz e me sentindo vitoriosa de novamente ter o meu selecionado entre eles. Existem os critérios de desempate e agora é torcer para ficar entre os dez melhores”, disse a professora. Após a divulgação Elenir diz ter ficado mais contente ainda e foi bastante cumprimentada por seus colegas  de trabalho e superiores. 
Além do reconhecimento pelo trabalho de ótima qualidade, o Prêmio Educador Nota 10 premia os dez vencedores com R$ 15 mil em forma de vale-presente para cada um, vale presente no valor de R$ 1 mil para a escola em que foi aplicado o projeto, uma assinatura do site Nova Escola Digital, onde terão acesso aos conteúdos Nova Escola e Gestão Escolar, além de diversos outros conteúdos, com vigência de janeiro/2019 a dezembro/2019, diploma de participação e divulgação dos trabalhos na revista e no site Nova Escola e/ou Gestão Escolar.
No dia 1º de outubro, a Fundação Victor Civita anunciará o grande vencedor com título de “Educador do Ano”. Além dos prêmios acima, o Educador do Ano será contemplado com um vale presente no valor de R$ 5 mil para a escola em que foi aplicado o projeto e um vale presente no valor de R$15 mil para o professor.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897